É mesmo estrogonofe?

25 jan

Quem não gosta de estrogonofe (estroganov, estroganoff – para os sites estrangeiros)? Talvez os intolerantes à lactose (acho que até esses conseguem, substituindo o creme de leite por creme de soja), mas o restante ama.

O meu conhecimento prévio de estrogonofe sempre foi esta fórmula mínima: creme de leite de caixinha com molho de tomate de latinha + sal e pimenta à gosto. A minha mãe procurava incrementar o estrogonofe com legumes (cenoura, chuchu, vagem) prá garantir uma refeição com mais nutrientes à mesa prá criançada.

Pois bem, pesquisando bem ralamente na internet, caio no wikipedia e este menciona que o estrogonofe é invenção russa! E que pasmem: não levava molho de tomate em sua preparação original. A receita que consta no livro “Um presente para jovens donas de casa” de Elena Molokhovets, leva: cubos de carne empanados com farinha num molho de mostarda e caldo de legumes com a adição final de sour cream (creme azedo).  Posteriormente, em 1912, foram adicionadas cebolas e extrato de tomate e servidos com batata-palito.  A receita se  tornou popular em todo o mundo a partir de 1950.  Sendo que na França é que ficou consagrado o uso de champignons por um restaurante sofisticadíssimo chamado Maxim´s.

Hoje em dia você encontra com diversos tipos de carne, legume, molhos e com diversos acompanhamentos, para todos os gostos e bolsos.

Ingredientes diferentes para estrogonofe que encontrei dando uma busca pela internet:

* Substituindo o champignon pelo pinhão;

* Utilizando vários tipos de ervas para o molho: salsinha, gengibre,bouquet garni;

* Vegetariana (parece que com esses ingredientes dá certo): com proteína de soja texturizada;

ervilha, abobrinha, berinjela, pimentão, abóbora, abobrinha, aspargos, palmito, brócolis, cenoura, milho, vagem, chuchu, alcachofra (como aqui), alho-poró;

* Diversos tipos de carne: frango, carne de boi (mignon, contrafilé, alcatra e afins), carne de porco, peixe (bacalhau, salmão), camarão, almôndegas, lula, salsicha, linguiça, carne moída, presunto;

* Prá ficar diet: queijo branco ou tofu frito, grão-de-bico, batata, iogurte desnatado;

* Prá ficar diferente (mas calórico): blue cheese (como aqui);

* Prá acompanhar a moda do novo cereal: amaranto;

* Prá realçar a paixão por cogumelos: estrogonofe de 4 cogumelos (shiitake, shimeki, champingon, portobelo);

* Prá desvirtuar a receita incluindo abacaxi, leite de coco, coco ralado.

Anúncios

2 Respostas to “É mesmo estrogonofe?”

  1. Daiana Banhara 14 de julho de 2013 às 9:50 PM #

    Minha Mae também só faz com catchup e fica divinoooo. Me deu até água na boca

  2. Erica 25 de janeiro de 2012 às 12:54 PM #

    A receita que aprendi fazer com uma nutricionista, não vai molho de tomate. Vai mostarda, catchup e creme de leite. Fica maravilhoso!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: